sábado, fevereiro 12, 2011

O que chega no meu coração será amor?


Será Paixão? Será outro sentimento e não esses? Ou todos esses sentimentos juntos? O que sei é que é algo que machuca, dói , atordoa-me, confunde-me. Tão longe tão perto... Longe do seu físico... Perto do meu sentimento por você. Sentimento que me embriaga, deixa-me triste e contente, eufórica e calada, sensível e forte, sentimentos incomum, sentimentos inefável, sentimento sufocante... Meu coração já não consegue distinguir o tamanho do meu sentimento por você Diego. A verdade é que eu não posso e não quero fugir. Arriscarei as minhas lagrimas, meu coração, TUDO POR VOCÊ! Já faz parte da minha vida, do meu ser, do meu cotidiano, da minha mente, dos meus sonhos, das palavras que saem da minha boca, das lagrimas que saem dos meus olhos toda vez que vejo uma foto sua, e principalmente do MEU CORAÇÃO! É buscar incessante, buscar pelo nada, buscar pelo tudo, buscar pelo que ainda resta e ainda está por vim. O que sei é que sinto, sinto germinar, sinto florescer, sinto tomar conta de mim. O futuro pode ser incorreto, talvez amargo, mais o gosto do que sinto nesse instante já vale infinitas vidas. Vidas sofridas, vidas felizes, vidas sublimes, vidas amargas. Não posso deixar de senti-lo, sentimento intenso e confuso que ás vezes machuca, mais que na maioria das vezes me faz feliz. Estou condenada a te amar. E não quero me livrar dessas correntes. Mais sentimentos vivem no coração e não no TATO. É você que me faz ter forças pra viver, e não há ninguém capaz... De entender o que sinto por você, vai além

2 comentários:

  1. Quase chorei mano, tá lindo demais s2

    ResponderExcluir
  2. Ai que linda você *-*
    Obrigada, pelo comentário, volte sempre fofa *-*

    ResponderExcluir